Eduardo não tem compromisso com categoria, diz professora

Muitos professores da rede estadual já estão no pátio da Assembléia legislativa de Pernambuco (Alepe). Com nariz de palhaço e faixas nas mãos, os educadores fazem agora um protestando contra a falta de atenção do governador Eduardo Campos (PSB) à categoria. “Ele (o governador do Estado) firmou um compromisso conosco no Centro de Convenções, dizendo que a Educação seria uma prioridade no seu governo. Mas esse compromisso foi desfeito ainda na primeira gestão”, discursou a professora Anilda Gomes de Melo.
Ainda segundo a educadora, a política de Eduardo Campos foi juntar o salário dos servidores com gratificações, trazendo perdas para os trabalhadores. “Ele somou salário com gratificações, dizendo que tinha dado um aumento. Depois, Eduardo ofereceu o vale-refeição no valor de R$ 154,00. Isso não é aumento salarial, é uma gratificação, que não será incorporada à aposentadoria”, explicou Anilda.Nesse segundo mandato, Eduardo concedeu um reajuste de 18% aos professores. O que também não contemplou os servidores da rede estadual de Educação. A categoria pede que seja respeitado o piso salarial, de acordo com a lei em vigor, de número 11.738/2008.

Blog do Magno Martins

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *