Obama conclui hoje viagem de ônibus por três estados rurais

Presidente dos EUA trabalha para recuperar sua popularidade.
Obama chegará a Illinois para participar de assembleias em Atkinson e Alpha.

Da EFE

O presidente dos Estados Unidos, Barack Obama, conclui nesta quarta-feira (17) a viagem de ônibus de três dias por Minnesota, Iowa e Illinois, em uma tentativa de recuperar sua popularidade abalada pelo desemprego e pela situação econômica.

Na última etapa de sua viagem, Obama chegará a Illinois para participar de assembleias populares nas cidades de Atkinson e Alpha, no oeste do estado.

Presidente dos EUA, Barack Obama, desembarca de seu ônibus para almoçar em Minnesota. (Foto: Jason Reed / Reuters)Presidente dos EUA, Barack Obama, desembarca de seu ônibus para almoçar em Minnesota. (Foto: Jason Reed / Reuters)

Em um esforço para voltar a se conectar com seus eleitores, o presidente dos EUA empreendeu uma jornada pelo Meio-Oeste do país, durante a qual participou de diferentes discussões sobre a economia rural.

Desta forma, Obama deixou a Casa Branca para escutar pessoalmente as preocupações dos cidadãos e evitar as críticas dos que consideram que Washington está longe da realidade.

O presidente afirmou nesta terça-feira (16) estar convencido de que os EUA “ressurgirão da recessão mais fortes do que nunca”. Segundo ele, esse “retorno” começará não de Washington, mas dos fazendeiros, agricultores, empreendedores e empresários da região central do país.

De acordo com a Casa Branca, o objetivo da viagem de Obama é reunir ideias para reativar o crescimento econômico do país em um momento no qual a taxa de desemprego chega a 9,1% e a agência de classificação de risco Standard & Poor’s rebaixou a nota da dívida americana.

No entanto, para os republicanos, que já estão de olho nas eleições de 2012, trata-se de uma campanha de relações públicas sem planos concretos.

Segundo os últimos dados da empresa de consultoria Gallup, que analisa diariamente a popularidade de Obama, sua taxa de aprovação está em 39%, a mais baixa de seu mandato.

Fonte: Globo.com

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *