Câmara dos Deputados rejeita destaques da oposição e conclui votação da MP 532

Brasília – O plenário da Câmara rejeitou há pouco os dois destaques da oposição, que pretendiam alterar o texto da Medida Provisória 532, que foi aprovada na semana passada. A MP 532 amplia as áreas de atuação da Empresa Brasileira de Correios e Telégrafos (Correios) e trata da política sucroalcooleiro. Com a rejeição dos destaques, a MP segue para apreciação do Senado.
Na primeira votação, os deputados rejeitaram destaque do DEM, que pretendia excluir da MP a permissão dada aos Correios para criar subsidiárias e adquirir o controle acionário ou participar de outras empresas. Foram 265 votos pela manutenção do texto aprovado na semana passada e 128 favoráveis ao destaque e 7 abstenções. Durante a votação desse destaque, servidores dos Correios que estavam nas galerias protestaram e houve até ameaça de expulsá-los do local.
Na outra votação, os deputados rejeitaram o destaque do PPS, que pretendia retirar do texto a permissão para os Correios adquirir o controle ou participação acionária de empresas já existentes. Foram 136 votos favoráveis ao destaque e 266 contrários e 6 abstenções.
A MP que vai para o Senado amplia as áreas de atuação dos Correios, que poderá explorar serviços postais eletrônicos, financeiros e de logística integrada. Pelo texto aprovado, os Correios passaram a ter a mesma estrutura das empresas de sociedade anônima e suas decisões serão tomadas por assembleia geral. A MP também atribui à Agência Nacional de Petróleo (ANP) a responsabilidade de fiscalização e regulamentação do setor produtivo de etanol, que era considerado um subproduto agrícola.

Fonte: Agência Brasil

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *