Governo deve rever contrato com admistradora do TIP

O líder da oposição,o deputado Antonio Moraes afirmou nesta sexta (23), que a decisão do governo do estado de rever o contrato com a empresa que administra o Terminal Integrado de Passageiros (TIP) e outros terminais em Pernambuco mostra, finalmente, uma resposta do governo para o que há muito vem sendo denunciado por usuários e pela bancada de oposição: a péssima situação em que se encontram os terminais. No início do mês passado o abandono do TIP foi denunciado pelo deputado na tribuna da Assembleia Legislativa. “O estado de abandono marca a situação atual do TIP, uma das portas de entrada de Pernambuco, bem perto da Arena da Copa.”
Moraes destacou que a decisão mostra que o processo de privatização dos terminais não foi um bom negócio para Pernambuco e para os usuários do transporte rodoviário. Segundo registros da imprensa a Socicam, empresa que administra os terminais está cobrando do Governo um débito de R$ 3 milhões, de taxas que não foram recolhidas pelo Estado. Já o governo anunciou que vai contratar um escritório contábil por licitação para resolver a questão. ” A Oposição vai continuar atenta a esta questão pois a população não pode continuar utilizando os terminais desta forma. O Governo disse que metade deste montante vai ser utilizado para infraestrutura dos terminais. Quando este dinheiro começará a ser usado para melhoria do TIP e outros terminais?”, ressaltou Moraes.
De acordo com as denúncias que foram destacadas em plenário pelo líder da bancada, há infiltrações nos banheiros, interdição em cinco compartimentos dos mictórios masculinos, infiltração e lâmpadas quebradas no banheiro feminino, goteiras no terminal de embarque interestadual, escada rolante interditada e muita sujeira.
“As condições não estão boas, mas os milhares de usuários que utilizam o TIP continuam pagando taxa de embarque. A empresa, que pagará ao Estado uma taxa de outorga para exploração dos serviços, disse em 2008 que as taxas seriam cobradas para garantir mais qualidade nos serviços. “, complementou o deputado. “ Pelo visto a privatização virou um presente de grego para o povo pernambucano”, ressaltou o parlamentar

Fonte: Blog do Jamildo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *