Em entrevista a ÉPOCA, Aécio Neves diz que Dilma é refém de um governo de cooptação

aécio neves

O senador mineiro Aécio Neves (PSDB), principal nome de candidatura tucana à presidência para 2014, vem endurecendo as críticas ao PT. Em entrevista a ÉPOCA desta semana, afirma que Dilma Roussef se tornou refém de um esquema de cooptação, típico do partido pelo qual é presidente. Para ele, o modelo de fazer política dos petistas não faz frente aos problemas estruturais da sociedade.
Dilma, segundo esse ponto de vista, seria responsável direta pela incapacidade de tomar iniciativas duras em momentos de crise, pela infraestrutura deficiente do País e pela péssima qualidade do sistema de saúde público.
A má gestão do partido de esquerda abriria margem de infiltração no eleitorado aos tucanos. Aécio ainda evita falar como candidato, mas demonstra ter clareza de planos de articulação para os próximos anos. Por exemplo, uma possível aproximação com o PSB, de modo a disputar as eleições com mais força. Mas em termos de data para anúncio de possível candidatura, é cauteloso: “Acho que 2013 será o momento adequado para escolhermos”, pontuou.
O ex-governador de Minas Gerais também comentou sobre uma possível disputa interna com José Serra. “O Serra tem as qualidades para postular qualquer candidatura”, disse. Mas o candidato, segundo ele, será aquele que tiver “melhores condições de vitória e de alianças”. E ao que tudo indica, neste momento, o atual senador é quem se encaixa nesse perfil.

Fonte: Blog do Jamildo

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *