Palmas é a primeira capital a ficar totalmente sem combustíveis


Os 54 postos de combustíveis da Capital do Tocantins estão com seus estoques zerados

Jornal do Tocantins – Todos os postos de combustível em Palmas estão sem, gasolina em suas bombas. A informação foi repassada na manhã desta sexta-feira, 25, pelo Sindicato dos Revendedores de Combustíveis do Estado do Tocantins (Sindiposto-TO). Segundo a entidade, a Capital possui 54 postos.

Desde a noite de quarta-feira, 25, veículos fazem filas em postos de combustíveis em Palmas, tentando garantir o recurso. O Seturb também anunciou redução nas frotas de ônibus a partir da tarde de ontem. A falta de gasolina tem irritado os palmenses. A funcionária pública Amélia Carla Lopes, 29 anos, conta que ficou mais de duas horas na fila de um posto com o objetivo de abastecer o seu veículo, no entanto, quando estava próximo de sua vez, o frentista informou que o combustível tinha acabado.

“Eu fiquei maior tempão na fila e ainda não consegui abastecer. Não sei como vou fazer. Moro longe do meu trabalho e preciso de gasolina para conseguir trabalhar e levar minha filha na escola”, reclama. Frota municipal A Prefeitura de Palmas anunciou, ainda, que os órgãos públicos municipais estão trabalhando com frota reduzida, e todos os veículos estão sendo recolhidos, deixando apenas um por Unidade Administrativa, para situações emergenciais.

“Somente os veículos da Segurança Pública (viaturas) e Saúde (ambulâncias) estão autorizados a abastecer na garagem central”, disse o executivo municipal por meio de nota, afirmando possuir estoques de combustível suficiente para manter todos os serviços, “mas que irá priorizar aqueles que são essenciais, já que não se tem conhecimento de quando a greve se encerra”. A prefeita Cinthia Ribeiro determinou, também, que cada pasta deve agregar suas demandas externas para otimizar o uso dos veículos.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *