“A gente pensa que só acontece com os outros” afirma pai do menino Lucas, vítima de bala perdida em Escada


TV Jornal – O pequeno Lucas Gabriel de Andrade Silva, de 7 anos, morreu, na tarde desta segunda-feira (4), após ser atingido por duas balas perdidas no município de Escada, na Zona da Mata de Pernambuco. De acordo com a Polícia Civil, a criança conversava com colegas na frente da escola onde estudava, na comunidade Alto da Gaia, no bairro da Mangueira, quando teve início um tiroteio. Um homem e um adolescente também foram mortos. “Eu saí na intenção de tentar socorrer ele, saí desesperado”, conta o pai de Lucas, David da Silva. Segundo ele, quando encontrou o menino, ele já estava morto. “A gente muitos casos acontecendo e sempre pensa que o problema só vai acontecer na casa do vizinho”, desabafa o pai.

O caso

Dois homens em uma motocicleta atiraram várias vezes contra os suspeitos de envolvimento com o tráfico de drogas Josimar Dionísio da Silva, de 20 anos, e Matheus Henrique do Nascimento Matias, de 16 anos. Na tentativa de fugir dos tiros, os dois correram em direção ao local onde o menino estava. Lucas foi atingido por duas balas perdidas, uma no peito e outra no ombro.

Foto: Redes Sociais

O garoto chegou a ser socorrido para o Hospital Santa Clara, mas já chegou se vida. Os dois jovens, alvos dos criminosos, morreram no local. Matheus Henrique caiu na rua, enquanto Josimar Dionísio ainda entrou na casa de uma tia de lucas, entrou em luta corporal com os assassinos, mas também foi morto a tiros. O homem e o adolescente não têm antecedentes criminais, mas, segundo investigações realizadas pela Polícia Civil, populares relatam que eles têm um possível envolvimento com o tráfico. A corporação levanta a hipótese de que eles teriam dívidas pela compra de drogas, e o crime teria sido um acerto de contas.

Autoria do crime segue desconhecida

Os bandidos fugiram do local em uma motocicleta, que foi abandonada logo em seguida. Eles chegaram a ser vistos pelo Polícia, mas conseguiram escapar. O caso foi registrado pelo delegado Rogaciano Campos, titular da delegacia de Escada.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *