Jornalista Geneton Moraes Neto é um dos homenageados da 18ª edição Mostra do Filme Livre


Vai até 22 de abril no CCBB São Paulo, com entrada gratuita, a 18ª edição da Mostra do Filme Livre – que este ano presta uma  homenagem ao jornalista e superoitista pernambucano Geneton Moraes Neto e ao cineasta mineiro Sylvio Lanna.

A filmografia de Geneton possui mais de uma dezena de curtas, documentários, ensaios e manifestos audiovisuais realizados em paralelo ao seu trabalho jornalístico. O evento exibirá 9 filmes restaurados pela Cinemateca Pernambucana, realizados por Geneton entre 1973 e 1983.

No próximo dia 19.04, às 18h30, acontecerá a Sessão Geneton Moraes Neto seguida de um debate sobre sua obra com a Coordenadora de Cinema da Fundação Joaquim Nabuco e da Cinemateca Pernambucana Ana Farache e do cineasta e professor da UFPE Paulo Cunha, codiretor dos curtas “Coração do Cinema” e “Esses Onze Aí”, que também serão exibidos na Mostra. 

Outros Destaques

 

A programação da Mostra também traz “Espera”, novo longa do mineiro Cao Guimarães, ícone da nova geração de videoartistas.  O filme tem como tema a espera, registrada em suas mais variadas manifestações será exibido no dia 10.04 às 17h30.

Já o polêmico e premiado longa “Sedução da Carne”, de Julio Bressane, onde uma escritora viúva (Mariana Lima) conversa frequentemente com um papagaio, será exibido no dia 21.04, domingo, às 17h30. Outros destaques como o premiado longa “Os Sonâmbulos”, de Tiago Mata Machado, que será exibido no dia 12.04, sexta, às 19h; o curta “Bicha-Bomba, de Renan de Cillo, no dia 15.04, segunda, às 14h, entre outros, também estão na programação.

O Curta paulista B.U.N.I.T.A.S. [ce] concebida por Estela Lapponi em 2017 e que tem como mote ser uma obravídeoresposta à ninfoplastia – prática cirúrgica de “correção”, é outra pérola da programação da Mostra. A exibição do vídeo, que tem como princípio narrativo ser um documentário, com uma fotografia fechada nas bocas de sete mulheres que descrevem suas vulvas e como gostam de tocá-las, acontecerá no dia 12.04 às 14h.

A criançada também foi lembrada. A Mostrinha Livre traz 2 sessões de 30 minutos com exibição de curtas infantis para todas as idades, alguns feitos por crianças. Sempre aos finais de semana às 14h.

Com curadoria, formada por Gabriel Sanna, Diego Franco, Scheilla Franca e Guilherme Whitaker (GuiWhi, também criador do evento), a Mostra do Filme Livre é conhecida por evidenciar a produção independente nacional e colocar em circuito feitos sem verbas públicas ou sem grandes patrocínios e de diferentes formatos, gêneros, durações e épocas. 

A mostra tem o patrocínio do Banco do Brasil desde sua primeira edição, em 2002, onde esteve por uma semana no CCBB RJ. “É com grande satisfação que apoiamos mais uma edição da Mostra do Filme Livre, que começou há 18 anos no CCBB RJ. O evento é um grande incentivador e difusor do cinema independente nacional. Acreditamos na importância de apoiar produções marcadas pela variedade de formatos e multiplicidade de olhares, pois reforçam o nosso compromisso em difundir a cultura através do cinema” afirma Karen Machado, gerente executiva da diretoria de Marketing do Banco do Brasil.

Serviço:

 

18ª Mostra do Filme Livre

de 27/03 a 22/04, no CCBB São Paulo

de 16/04 a 12/05, no CCBB Brasília

de 08/05 a 03/06, no CCBB Rio de Janeiro

de 24 a 29/05, no Cine Arte UFF, em Niterói

Entrada Gratuita

Centro Cultural Banco do Brasil São Paulo

Endereço: Rua Álvares Penteado, 112 – Centro | São Paulo – SP

Capacidade Cinema: 70 lugares

Ingressos: serão distribuídos a partir de uma hora antes de cada sessão, na

bilheteria do local

Funcionamento da bilheteria: todos os dias, das 9h às 21h, exceto às terças.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *