Barreiros receberá Caravana do Empreendedorismo da Seteq


O município será o novo destino da ação empreendedora preparada pela Secretaria do Trabalho e o público alvo foi escolhido pela prefeitura municipal

O município de Barreiros, localizado na Mata Sul de Pernambuco, é o próximo destino da Caravana do Empreendedorismo da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco. É nesta cidade de 42.552 habitantes onde a equipe da Seteq vai levar palestras de educação financeira, empreendedorismo, Lei Geral do Micro Empreendedor Individual e orientações sobre como obter linhas de crédito na Agência de Fomento de Pernambuco (Agefepe). O público alvo será formado por homens e mulheres do Curso de Corte&Costura, promovido pela prefeitura municipal.

A ação de impacto da Seteq será realizada no dia 7 de agosto e tem a parceria decisiva da Prefeitura de Barreiros, vizinha dos municípios de São José da Coroa Grande, Tamandaré e Maragogi. O evento será realizado no auditório da Secretaria de Educação. (Veja a programação abaixo).

A caravana do Empreendedorismo é o projeto inédito que a Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação de Pernambuco (Seteq), iniciado no dia 19 em Itamaracá, buscando estimular o empreendedorismo no Estado e gerar a movimentação na economia de 24 municípios, dois novos foram acrescentados. O projeto percorrerá várias cidades do interior e da Região Metropolitana e busca realizar uma ação de impacto social que beneficiará pequenas empresas, empreendedores em potencial e profissionais autônomos.

Junto à Seteq, estão as prefeituras municipais, que se comprometem em dar infraestrutura e mobilizar o pessoal. O papel da prefeitura se destaca quando se trata das especificidades e necessidades do local, que variam de região para região de acordo com suas potencialidades.

Uma das metas da Caravana do Empreendedorismo, segundo a secretária em exercício da Secretaria do Trabalho, Emprego e Qualificação, Adriana Queiroz, é ampliar o número de informações para pessoas que queiram se tornar um micro empreendedor individual e estimular o cadastro como MEI. Apresentar os serviços da Agefepe e trazer consciência do impacto que o projeto trará ao município também é uma das motivações, segundo a secretária.

“O objetivo da Caravana do Empreendedorismo é levar informação ao maior número de pessoas sobre a importância da formalização do empreendedor, quais os direitos que eles adquirem a partir disso e complementação da sua renda”, declara Adriana Queiroz.

É bom destacar que a Caravana visa atrair pessoas comuns, que realizam ou não atividade autônoma, mas que ainda não se vêem como empreendedores. Para Adriana Queiroz, possuindo as ferramentas necessárias, uma pessoa pode crescer nos negócios e, de modo amplo, ajudar no desenvolvimento da economia da sua cidade, movimentando o comércio local.

A caravana passará por cidades da Zona da Mata Norte (Aliança, Carpina, Macaparana e Nazaré da Mata) e por outras cidades do Litoral Sul e da Mata Sul (Escada, Ribeirão, São José da Coroa e Grande, Tamandaré, Sirinhaém e Rio Formoso). Já no Agreste, os municípios atendidos serão Bom Jardim, Salgadinho, Surubim, Taquaritinga do Norte, Brejo da Madre de Deus, Ibirajuba, São Caitano e Tacaimbó, Caetés, Bom Conselho, Jupi e Lajedo.

Para seleção dos 24 municípios, foram estabelecidos os seguintes pré-requisitos. Entre eles, a cidade não pode ter sala do Empreendedor ou Expresso Empreendedor. A localização geográfica e agrupação por Região de Desenvolvimento também estão entre os critérios.

Veja o cronograma de Barreiros, dia 07 de agosto
9h – Abertura do Evento no auditório da Secretaria de Educação.
9h30 – Palestras da Lei Geral do MEI
11h – Atendimento, Formalizações e Orientações sobre Linhas de Crédito da Agefepe
12h – Intervalo
13h – Palestra de Empreendedorismo e Educação Financeira
14h30 – Debate e Avaliação do Evento
15h30 – Encerramento

Saiba mais sobre Barreiros

Barreiros, que no começo do século XIX era território de uma aldeia de ribeirinhos, hoje possui sua população estimada em 42.105 habitantes, segundo IBGE. Os povos Caetés foram os primeiros habitantes da região e seu nome veio do solo de barro vermelho, muito abundante no lugar. Contudo, o município foi formado de uma aldeia cujo chefe descendia de um dos líderes da restauração pernambucana, Filipe Camarão.

Em 13 de maio de 1853, o povoado foi elevado à vila, com território desmembrado de Rio Formoso e, em 03 de julho de 1860, o governador Barbosa Lima elevou a vila de Barreiros à categoria de cidade. Atualmente, sua economia é de rica escala econômica, com o cultivo artesanal de raízes, legumes, hortaliças e frutíferos, que começaram a ser vendidos na feira da cidade e hoje tem grande visibilidade com modernas lojas e grandes vendas para fora do país.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *