Diogo Moraes convida para instalação de Frente para combater suicídio e autolesão

O deputado Diogo Moraes (PSB) foi à tribuna, nesta terça (1°), convidar todos para a instalação da Frente Parlamentar de Combate ao Suicídio e à Autolesão, colegiado proposto pelo governista e aprovado pelos deputados em Plenário. O evento integra o Seminário Regional de Promoção e Defesa da Cidadania da União dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale), que acontece a partir das 9h da próxima quinta (3), na Alepe (veja abaixo a programação completa).

Moraes defendeu ações de prevenção a essas enfermidades, e chamou atenção para as estatísticas oficiais. Segundo a Organização Mundial da Saúde (OMS), cerca de 800 mil pessoas morrem por ano vítimas de suicídio no mundo. O Brasil ocupa o 8° lugar em números absolutos. “Há uma média de 46 suicídios por hora no País, segundo dados do Ministério da Saúde”, destacou, pontuando que essa é a segunda maior causa de morte de jovens brasileiros entre 15 e 29 anos.

“Além do suicídio, preocupa-nos a autolesão, caracterizada por qualquer comportamento intencional que envolva agressão direta ao próprio corpo”, esclareceu, citando estimativas que indicam a prática por cerca de 20% dos jovens brasileiros. “O bullying intensifica essa questão entre os adolescentes, que estão cada vez mais afastados do convívio familiar e imersos no mundo digital”, avaliou.

Seminário Regional de Promoção e Defesa da Cidadania da União dos Legisladores e Legislativos Estaduais (Unale)

PROGRAMAÇÃO

8h30 | Credenciamento

9h15-9h30 | Acolhida e explanação da metodologia

9h40-11h40 | Início dos trabalhos nos GTs

— GT 1: Segurança (Plenário Eduardo Campos)

— GT 2: Suicídio e Automutilação (Auditório Sérgio Guerra)

— GT 3: Violência contra a Mulher (Auditório Ênio Guerra)

11h45-12h15 | Brunch

12h30 | Cerimônia oficial (Plenário Eduardo Campos)

— Leitura do documento “Protocolo de Ideias”, elaborado pelos mediadores dos GTs.
As inscrições para o seminário podem ser feitas neste link.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *