Bienal do Livro de Pernambuco começa sexta e tem a resistência como mote

Maior feira literária do Nordeste promete cativar público com mais de 120 horas de atividades e autores renomados da literatura nacional e internacional

Trazendo como mote para 2019 a temática “Histórias para Resistir”, a XII Bienal Internacional do Livro de Pernambuco começa nessa sexta-feira (04) e vai até o domingo 13, no Centro de Convenções, na Região Metropolitana do Recife. Lançamentos, oficinas e palestras vão promover e celebrar a literatura, entre outras formas de linguagens artísticas, como a música e a dança. Serão mais de 100 expositores, das independentes às grandes editoras. O poeta Solano Trindade (in memoriam) e Sidney Rocha são os autores homenageados desta edição da feira que é considerada a maior do Nordeste.

Entre os convidados da XII Bienal PE estão o jornalista e sociólogo Muniz Sodré, um dos mais destacados pensadores brasileiros, que vem a Bienal falar sobre a obra e o legado do poeta Solano Trindade; a escritora Ana Maria Gonçalves, autora de “Um Defeito de Cor” (2006), considerado um dos romances brasileiros mais importantes deste século, que participa de um bate-papo com o coletivo Leia Mulheres; o jornalista Artur Xexéo, autor do bestseller “Hebe – A Biografia”, que conta a história da espontânea e talentosa comunicadora Hebe Camargo, que abordará o tema “Jornalismo Cultural e a Cultura de Celebridades”; o jornalista Luis Nassif, que comenta a biografia “Walther Moreira Salles” de sua autoria, onde revisita a vida do banqueiro que entrou para história graças a sua diplomacia na esfera política; e a cientista política, considerada uma das maiores historiadores do Brasil, Heloisa Murgel Starling, que vem a Bienal PE conversar sobre seu livro “Ser republicano no Brasil colônia”, que investiga a origem da crise que os brasileiros enfrentam com o sistema político.

Ainda entre os grandes nomes que compõem a programação temos o filósofo e pesquisador francês Grégoire Chamayou, autor do aclamado livro “A Teoria do Drone”, que falará sobre sua mais recente publicação “A sociedade Ingovernável”; a escritora portuguesa Isabela Figueiredo, que vai revisitar seu livro mais importante “Caderno de memórias coloniais”, considerado uma obra-prima da literatura lusitana; o multitalentoso escritor, roteirista e diretor André Vianco, considerado um dos principais autores brasileiros de fantasia do Século XXI, que possui 16 romances já publicados, entre eles o bestseller “Os Sete”; e a escritora e youtuber Babi Dewet, autora do livro “K-pop-Manual de sobrevivência” e anfitriã do podcast Kpapo a jovem aborda temáticas da cultura pop coreana, que anda em ascensão no mundo inteiro. Já a poetisa Lubi Prates, que este ano concorre ao Prêmio Rio de Literatura, vai conduzir o minicurso “A poesia contemporânea de autoria negra”

Ao todo serão mais de 120 horas ininterruptas de atividades, para crianças, jovens e adultos, conectando diferentes áreas de interesse e apresentando um mix de expositores diversificado. Uma programação que exprime de forma bem clara que a promoção do objeto mágico “livro” é essencial, mas que o maior comprometimento da Bienal Internacional do Livro de Pernambuco é com a geração de conhecimento e com a facilitação do acesso do público a inéditos e deliciosos saberes.

Homenageados desta edição

O evento, que sempre busca promover o resgate histórico de grandes nomes da nossa cultura, este ano tem como homenageados o poeta e ativista pernambucano Solano Trindade (in memoriam) e o premiado escritor Sidney Rocha.

Trindade foi um dos pioneiros no movimento de literatura afro-brasileira e responsável por fundar pelo país diversos grupos de valorização da cultura negra e combate ao racismo. Além de lançar luz sobre a vida e obra expressiva de Solano, a programação também trará atividades que ressaltarão o protagonismo negro, na poesia, na música e na literatura, entre elas a palestra “Escritoras negras: o poema quebrando com os silenciamentos”; o minicurso “A poesia contemporânea de autoria negra”, com a poetisa Lubi Prates; o bate-papo com Preto Zezé, presidente da Central Única das Favelas (CUFA), onde o escritor falará sobre seu mais recente livro “Das quadras para o mundo”; a oficina “Mulheres Negras, empreendedorismo e liderança”, com Beca Nascimento; e os lançamentos dos livros “POP UP Maracatu”, do autor Erick Vasconcelos; e “Ominíbú: Maternidade Negra em um Defeito de Cor”, de Fabiana Carneiro.

O segundo homenageado desta edição não fica atrás na sua relevância para a literatura brasileira. Sidney Rocha, um dos mais respeitados autores nacionais, é conhecido não apenas pelo vigor da sua linguagem e da perspicácia das suas observações, mas também pela sua postura como grande defensor do livro e da leitura no país. Para falar sobre sua obra durante a Bienal foram convocados nomes de peso como a escritora Maria Valéria Rezende, o jornalista Manuel da Costa Pinto, o editor Samuel Leon, os escritores José Castello, João Cezar de Castro Rocha, Xico Sá e Gonçalo M. Tavares, de Portugal.

Realização

O maior evento literário do Nordeste é organizado pela Cia. De Eventos, com produção geral de Rogério Robalinho, curadoria de Schneider Carpeggiani, produção executiva da Vox Produções, Ideação e apoios do Consulado da França, OEI – Organização dos Estados Ibero-americanos, Sebrae, Instituto Inclusivo Sons do Silêncio, ANL – Aliança Nacional Libertadora, CBL – Câmara Brasileira do Livro, UBE – União Brasileira dos Escritores, Ministério da Cidadania; Prefeitura do Recife, através da Secretaria da Mulher e da Secretaria Especial de Cultura, Rede Globo, Pitú, Hotel Ibis, Multiverso e Leia Já, entre outros.

ESPAÇOS DA BIENAL:

· Artist Alley

Espaço exclusivo para quadrinistas e ilustradores apresentarem seus trabalhos e comercializarem seu material em forma de quadrinhos, camisetas e canecas, entre outros objetos. Proporciona uma dinâmica interativa entre público e profissionais e está presente desde a edição passada da Bienal PE. Este ano, devido ao grande número de artistas inscritos, terá sua área ampliada para dois módulos.

· Bienalzinha

Um ambiente exclusivo para o públicco infantil. Conta com uma programação extensa com oficinas, contação de histórias, pintura, lançamento de livros infantis e espetáculos voltados para os pequenos leitores.

· Auditórios Círculo das Ideias

Dois espaços voltados para a realização de palestras, debates e cursos que discutem as mais diversas e atuais temáticas. O local abriga as atividades mais densas e que geralmente recebem mais público.

· Palco Além das Letras

No Palco Além das Letras são realizadas apresentações artístico-culturais, recitais poéticos, atividades bilíngues e concurso soletrando, além de apresentações escolares, de K-Pop e de Cosplays.

· Plataforma de Lançamentos – Be Geek

O ambiente mais democrático da Bienal. Espaço destinado para a realização de lançamentos de livros e quadrinhos de autores consagrados ou emergentes. Nesta edição o espaço também dedicará um horário para a realização de dinâmicas voltadas ao universo geek, além de desenvolver discussões literárias.

· Sala de Oficinas

Como o próprio nome adianta, o espaço é voltado para realização de oficinas, geralmente com duração de três a quatro horas, e pequenas atividades.

· Espaço Alquimia

Espaço criado em parceria com a Multiverso Cultural que irá oferecer uma programação multidisciplinar com aulas, transmissões ao vivo, minicursos e palestras voltadas para segmentos como: Mundo Geek, Enem e área Técnica e Científica.

SERVIÇO:

XII BIENAL INTERNACIONAL DO LIVRO DE PERNAMBUCO

Quando: 04 a 13 de Outubro, das 10h às 22h.

Onde: Centro de Convenções de Pernambuco.

Endereço: Av. Prof. Andrade Bezerra, s/n, Complexo de Salgadinho. Olinda – PE.

Acesso/ingressos: Meia–entrada : R$ 5,00 ; Ingresso Social R$ 7,00 – mediante entrega de 1kg de alimento não perecível ou 1 livro usado ( não didático); Inteira R$10,00. Consultar preço especial para caravanas.

É concedida gratuidade para crianças até 12 anos, estudantes da rede pública de ensino médio e fundamental com uso da camisa ou uniforme escolar, excursão escolar uniformizada em visitação agendada, professores, escritores associados da UBE, Policial Civil e Militar e Corpo de Bombeiros, portando carteira de identificação.

Programação completa no site:

http://www.bienalpernambuco.com/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *