Economia

[Economia][bsummary]

Escada

[Escada][bigposts]

Mata Sul

[Mata Sul][twocolumns]

Educação

[Educação][bsummary]

Pré-candidato do REDE promete gestão inovadora em Primavera

Com apenas 25 anos, Alexandre Lins pretende se candidatar à Prefeitura local

Blog da Folha


O município de Primavera, na Zona da Mata Sul de Pernambuco, é mais uma das localidades do Estado que tem como característica a disputa oligárquica pelo poder. Nas eleições para Prefeito, a cidade se divide entre aqueles que estão a favor do sucessor da atual gestão, e dos seus antigos adversários que tentam voltar novamente à administração. Porém, neste ano, Primavera deverá ter mais de dois candidatos. O cientista político e jornalista Alexandre Lins, que possuí raízes familiares na região, pretende entrar na disputa e, segundo ele, “afastar de vez o velho jogo político”.

“Há dois grupos políticos que se revezam há 20 anos e que já não são mais acreditados pela população. Existe um vácuo de lideranças hoje em Primavera, a expectativa de vitória de um é sempre atrelada à má administração e aos erros de outro. A linguagem da eleição é sempre compra de votos e promessas de benefícios. Não se discute gestão ou o que deve ser feito pela vida das pessoas”, criticou Alexandre Lins, que é filiado à Rede Sustentabilidade.

Além de tentar ajudar na administração da cidade, o avô de Lins, Manoel Montilla, que já foi prefeito do município por duas vezes, serve como sua referência política.

“É consenso hoje em Primavera que só tínhamos prefeitos comprometidos a trabalhar pela cidade na época de Manoel Montilla, meu avô, e Doutor Ilvo. Para mim, o meu avô foi uma grande referência de político, como se diz popularmente, “a política está no sangue”. A segunda razão é porque só a administração pública é capaz de transformar vidas, dar condições, dignidade à população”, relatou.

Mesmo ainda se trabalhando para viabilizar a candidatura, Lins está tentando trazer projetos para a cidade. Ele afirma que o município carece de propostas inovadoras. O diálogo com a população é outro ponto citado pelo cientista político para conhecer a real necessidade da região

“A começar por um projeto que articulamos com uma empresa parceira. Para testar uma tecnologia, eles vão instalar Wi-Fi grátis por toda a zona urbana da cidade, o que é um grande avanço tanto em termos de lazer quanto de acesso a informação para os primaverenses. Abre-se um mundo de oportunidades com isso. A inovação é necessária para mostrar à população que é possível, sim, fazer diferente”, disse.


“Vamos abastecer os nossos postos de saúde e humanizar o atendimento. Vamos ter a melhor educação pública de Pernambuco. Vamos gerar energia renovável e distribuir eletricidade de graça para as famílias carentes. Vamos construir a estrada para ligar até Pedra Branca – importante distrito do município. Vamos tornar a Cachoeira do Urubu uma referência de turismo nacional, gerando oportunidades de emprego para a população. Vamos atrair empresas, dentre outras ações”, enumerou.

Para conseguir implementar todos os projetos, Lins aposta na parceria com o setor privado. “Já na campanha vamos fazer diferente. Estamos contando com doações de empresários consolidados de todo o País e com responsabilidade social, dispostos a investir na transformação da política”, argumentou o pré-candidato.

Apesar da pouca idade, 25 anos, Alexandre Lins já tem experiência em disputas eleitorais. Ele trabalhou nas campanhas do prefeito do Recife, Geraldo Julio (PSB), em 2012, e do governador Paulo Câmara (PSB), em 2014.

Além disso, ele foi funcionário da ONG Vetor Brasil, atuando como gestor na área de planejamento do Governo de Goiás. “Tenho grande experiência com pesquisas e estratégia política. Conheço o que deu certo nos governos em todo canto do País. Conheço os profissionais de maior referência da administração pública brasileira”, comentou.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TV Escada News