Economia

[Economia][bsummary]

Escada

[Escada][bigposts]

Mata Sul

[Mata Sul][twocolumns]

Educação

[Educação][bsummary]

Paulo Rubem Santiago se filia ao PSOL após dez anos no PDT

Blog do Magno - O ex-vereador e ex-deputado federal e estadual Paulo Rubem Santiago assinou, ontem, o documento de filiação ao PSOL, após passar 28 anos no PT e dez no PDT. Em entrevista à Rádio Cultura, Paulo Rubem afirmou que não tem nenhuma rixa com os pedetistas, mas que se sente mais confortável no novo partido.


"Eu não tenho nenhuma raiva, não tenho nenhum conflito de ordem pessoal com ninguém, mas hoje eu me vejo muito mais à vontade no PSOL, onde eu tenho o que conversar, onde eu vejo uma bancada combativa e atuante, onde eu vejo a disposição do partido crescer", declarou. Para Paulo, o partido atua com valores raros no atual cenário político: coerência e compromisso.


O novo pessolista garantiu que a mudança é uma questão de adequação às suas necessidades políticas. "Se você está num time e você se sente com um preparo físico, capacidade técnica e disposição de jogar e o time não quer jogar, você tem que mudar de time", comparou.


Uma das críticas de Santiago, no entanto, foi à burocracia do PDT para definir a presidência do partido, que levou, segundo o ex-pedetista, à eleição de Wolney Queiroz. "Passei dez anos no partido e o partido nunca fez uma convenção para eleger diretórios. Eu fui três vezes o deputado mais votado do Recife e Wolney entrou com zero em 2015 e assumiu a presidência", relatou.


O ex-deputado lembrou, ainda, de quando foi chamado para o cargo, sob a condição de não assumir o Diretório da Comissão Provisória do Recife. Segundo ele, a função não seria suficiente. "Eu não quero ser uma rainha da Inglaterra, que tem o cargo, mas não tem o poder de construir o partido, de organizar", disse.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

TV Escada News