Economia

[Economia][bsummary]

Escada

[Escada][bigposts]

Mata Sul

[Mata Sul][twocolumns]

Educação

[Educação][bsummary]

Gesto de Lula em Visitar Renata Campos e Paulo Câmara pode indicar possível aliança PT e PSB

Blog do Edmar Lyra - ​A visita do ex-presidente Lula a Pernambuco confirmou uma informação que os bastidores da política já sabiam, que seria um encontro do petista com a viúva de Eduardo, Renata Campos e o governador Paulo Câmara, que ocorreu na noite de ontem na residência da família do ex-governador Eduardo Campos. Apesar das objeções de alguns petistas, Lula fez a visita e demonstrou no seu gesto o que ele está buscando, que é a melhor condição para a candidatura do PT em 2018.

Na aliança com Paulo Câmara, Lula não precisará se preocupar em viabilizar a campanha no estado, que ficaria a cargo do PSB. Além disso, Lula estaria levando para a sua coligação, que contaria hoje com PT e PCdoB, o PSB, reeditando a Frente Brasil Popular de 1989. A aliança praticamente garantiria a eleição de Humberto Costa para deputado federal, uma vez que João Paulo já teria comunicado a Lula que tentará um mandato de deputado estadual.


A conta passa, inclusive, por dar as condições mínimas para que Marília Arraes seja candidata a deputada federal, o que seria uma saída honrosa pra ela depois de romper com o PSB e ser obrigada a integrar a mesma coligação em 2018. Marília também teria a garantia do PT de que teria espaço no guia e não precisaria passar pelo constrangimento de pedir votos para o PSB.




[caption id="" align="alignnone" width="457"] Deputada Luciana Santos[/caption]

No caso de Teresa Leitão, a mesma lógica de Marília seria aplicada a ela. Na equação, o PSB indicaria Paulo Câmara para a reeleição, e Lula entraria no circuito para atrair o PDT de José Queiroz que seria indicado ao Senado. A outra vaga seria destinada a Luciana Santos, do PCdoB.




[caption id="" align="alignnone" width="470"] Vereadora Michelle Collins[/caption]

A respeito do vice, tanto o PT poderia indicar, como também o PR, o PP ou o PSD, uma vez que a ordem é evitar que esses três partidos debandem da Frente Popular, podendo ser o nome da Vereadora do Recife Michelle Collins (PP).




[caption id="" align="alignnone" width="511"] Ex-prefeito de Caruaru Zé Queiroz[/caption]

Na equação, o PSB abdicaria de alguns espaços no governo já para abrigar petistas e pedetistas a ponto de facilitar o argumento da aliança mais à esquerda costurada por Lula e Renata Campos em torno de Paulo Câmara.


Vice – Na esteira da aliança entre PT e PSB, o nome de Renata Campos ganhou força nos bastidores para ser candidata a vice-presidente na chapa encabeçada por Lula em 2018. Apesar de Renata declinar da entrada na política, deverá ser convencida a mudar de ideia em prol de um projeto maior, que seria a reeleição de Paulo Câmara.




[caption id="" align="alignnone" width="615"] Ex-Prefeito de Olinda Renildo Calheiros[/caption]

Federal – Caso se confirme a ida de Luciana Santos para o Senado na chapa de Paulo Câmara, o ex-prefeito de Olinda Renildo Calheiros será candidato a deputado federal pelo PCdoB. Renildo deixou o mandato em Brasília mas nunca se adaptou ao cargo de prefeito. Terá a oportunidade de voltar a fazer o que ele realmente gosta.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coluna - A Voz do IHAAGE

[A Voz do IHAAGE][twocolumns]

TV Escada News