Header Ads

Vereador Samuel Salazar promove Sessão Solene em homenagem aos Auditores Fiscais Federais Agropecuários


Foto: Divulgação

Engenheiros agrônomos, farmacêuticos, químicos, médicos veterinários e zootecnistas, que exercem funções para garantir qualidade de vida, saúde e segurança alimentar para as famílias brasileiras receberão homenagem na Câmara Municipal do Recife. O vereador Samuel Salazar (sem partido) realiza Sessão Solene para os auditores Fiscais Federais Agropecuários (AFFAs), na terça-feira (25), a partir das 10h, no Plenário da Câmara. De acordo com estudo feito pela Fundação Getúlio Vargas (FGV), por encomenda do Sindicato Nacional dos Auditores Fiscais Federais Agropecuários (Anffa Sindical), sem os AFFAs, o país perderia anualmente pelo menos R$ 76,2 bilhões. No dia 29 de junho comemora-se o Dia Nacional de Valorização da Carreira de Auditoria Fiscal Federal Agropecuária.

“Esta justa homenagem é o primeiro passo para destacarmos que precisamos pensar em políticas públicas de estímulo à agropecuária, fomentar o agronegócio e estudar a regulação e normatização de serviços vinculados ao setor”, explica Salazar. De acordo com o Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (MAPA), no Brasil, o agronegócio contempla o pequeno, o médio e o grande produtor rural e reúne atividades de fornecimento de bens e serviços à agricultura, produção agropecuária, processamento, transformação e distribuição de produtos de origem agropecuária até o consumidor final. Portanto, deve-se em boa parte a eles a reconhecida excelência que levou o Brasil a estar entre os maiores exportadores mundiais de produtos agropecuários.

“São os AFFAs que garantem a qualidade dos alimentos que chegam à mesa das famílias ou ao mercado externo. Também fazem cumprir parâmetros legais essenciais ao respeito ao meio ambiente, à saúde pública, à sanidade das lavouras e rebanhos e à geração de emprego e renda”, explica o vereador Samuel Salazar. Os AFFAs atuam nas áreas de auditoria e fiscalização da fabricação de insumos, como: vacinas, rações, sementes, fertilizantes, agrotóxicos. Até o produto final, como: sucos, refrigerantes, bebidas alcoólicas, produtos vegetais (arroz, feijão, óleos, azeites etc.), laticínios, ovos, mel e carnes. Eles atuam no campo, laboratórios, portos, aeroportos ou nas indústrias que processam produtos de origem vegetal ou animal, entre tantas outras frentes. 

A carreira de Fiscal Federal Agropecuário é resultado de anos de luta da categoria. A qualidade e a sanidade dos alimentos que chegam à mesa da população brasileira dependem do trabalho desses profissionais. Embora essa função exista no serviço público federal há mais de 140 anos, a carreira só foi oficializada em 2000. Esse reconhecimento ocorreu depois de anos de luta da categoria, formada hoje por engenheiros agrônomos, médicos veterinários, químicos, farmacêuticos e zootecnistas lotados no Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento (Mapa).

SERVIÇO:
Sessão Solene em Homenagem ao Auditor Fiscal Federal Agropecuário 
Data: 25 de junho, terça-feira
Hora: 10h
Local: Plenário da Câmara Municipal do Recife.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.