Economia

[Economia][bsummary]

Escada

[Escada][bigposts]

Mata Sul

[Mata Sul][twocolumns]

Educação

[Educação][bsummary]

Paulo Câmara participa de encontro com nova diretoria da Aesbe

Governador apresentou investimentos na área de saneamento em diversas regiões do Estado

Foto: Hélia Scheppa/SEI

O governador Paulo Câmara participou, no final da manhã desta terça-feira (30/07), da reunião que elegeu o novo presidente da Associação Brasileira das Empresas Estaduais de Saneamento – Aesbe, na sede da Companhia Pernambucana de Saneamento – Compesa. A escolha ocorreu durante a 4ª Assembleia Geral Ordinária e Extraordinária, reunindo presidentes e representantes de 22 das 26 companhias de saneamento associadas de todo o Brasil.

Paulo Câmara ressaltou a importância do saneamento para a melhoria da qualidade de vida das pessoas e apontou os diversos investimentos na área que estão ocorrendo, de forma descentralizada, no Estado de Pernambuco. “Estamos fazendo muitas obras aqui, buscando dar um passo importante para o avanço da cobertura do saneamento básico nos municípios. Temos um planejamento de curto, médio e longo prazo que está em plena execução para sanear nossas cidades. E o trabalho da Aesbe é importante, porque o Brasil precisa de Marco Regulatório, de segurança jurídica, e a entidade tem contribuído para essas discussões nacionais”, afirmou.

O governador discorreu sobre a experiência pernambucana nessa área tão importante para a saúde pública. “Nós estamos com uma Parceria Público-Privada (PPP) na Região Metropolitana do Recife (RMR) já em andamento, e temos metas para, nos próximos 10 anos, sanear as 14 cidades que compõem a RMR em cerca de 90%”, disse. Paulo Câmara também falou sobre recursos em parceria com o Fundo de Garantia do Tempo de Serviço (FGTS) para finalizar essas obras e cumprir o objetivo traçado para a próxima década, que também contempla outras regiões, como Agreste, Sertão e Zona da Mata.

Roberto Tavares, presidente da Compesa, que esteve à frente da Aesbe por cinco anos, agradeceu o apoio do governador durante o período de comando e fez um balanço de sua própria gestão. “Foi um desafio imenso liderar o setor de saneamento em todo o Brasil. Nós tivemos mudanças significativas na governança das empresas. As empresas estatais hoje têm melhor gestão. Vemos essa melhoria no Brasil todo, especialmente aqui em Pernambuco, com o apoio decisivo do governador Paulo Câmara, que faz com que o saneamento não seja apenas um discurso, mas que seja priorizado com investimentos e com resultados”, disse Tavares.

Segundo o presidente da Compesa, a Aesbe, com mais de três décadas de atuação, operou em mais de 4 mil municípios, atendendo cerca de 75% da população urbana brasileira, nos mais diferentes climas e regiões. “Houve uma atuação muito forte da Aesbe nos últimos 5 anos por conta da mudança no Marco Regulatório do setor. Pedimos essa mudança, mas infelizmente o Governo Federal optou não pelo caminho do diálogo para a construção de um Projeto de Lei, mas por medidas provisórias que acirraram muito os ânimos”, contou.

Roberto Tavares teve seu mandato estendido por duas vezes, por consenso dos representantes das companhias de saneamento, devido ao debate nacional em torno das mudanças do Marco Regulatório do Saneamento, a partir das Medidas Provisórias (844 e 868), editadas pelo Governo Federal, que caducaram (atualmente, cinco Projetos de Lei tramitam no Congresso Nacional sobre o tema). Na reunião desta terça-feira foram eleitos como presidente Marcus Vinícius Fernandes Neves - diretor presidente da Cagepa (Paraíba) - e como vice-presidente da Aesbe, Ricardo Soavinski – Saneago (Goiás).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coluna - A Voz do IHAAGE

[A Voz do IHAAGE][twocolumns]

TV Escada News