Economia

[Economia][bsummary]

Escada

[Escada][bigposts]

Mata Sul

[Mata Sul][twocolumns]

Educação

[Educação][bsummary]

Alunos do Sesi de Escada criam aplicativo que ajudam deficientes visuais nas compras em supermercados, e vão a final de torneio de robótica em São Paulo

Foto: Divulgação 

Três equipes do SESI vão representar Pernambuco na etapa nacional do Torneio de Robótica FIRST LEGO League (FLL), que ocorrerá entre 6 e 8 de março, em São Paulo. Os times “Unity”, de Escada, “New Atom”, de Recife, e “Legomito”, de Paulista, apresentaram soluções inovadoras para melhorar, por exemplo, o aproveitamento energético das cidades e a acessibilidade de casas e prédios. A seletiva regional foi disputada no último fim de semana, em Paulista, e contou com a participação de 38 equipes.

Formada por dez alunos de Escada, a Unity é responsável por um projeto que pretende dar mais qualidade de vida aos deficientes visuais. Os jovens da equipe de robótica criaram o aplicativo “BlindMap”, que permite ao usuário localizar produtos nas prateleiras de supermercados.

“Primeiro, o supermercado tem que adotar o sistema. Então, será feito um mapeamento prévio. A partir daí, por meio de um comando de voz, o aplicativo indicará o caminho para que o usuário siga até o produto desejado. Por exemplo, se o deficiente visual deseja localizar um vinagre, o aplicativo o guiará, indicando as direções, até onde este produto se encontra”, explica o técnico da equipe, Diogo Monteiro.

Integrante do grupo, a aluna Ester Amanda, de 14 anos, lembra que o tema acessibilidade ainda “não é tratado ao nível do necessário para atender pessoas com deficiências”. Por isso, para a estudante, é gratificante participar de um torneio que exige a criação de soluções para melhorar a vida das pessoas.
“Você se sente recompensado. Foram aproximadamente 10 meses de preparação para conseguir chegar no torneio com a ideia pronta. Estar no torneio é uma experiência que agrega muito na vida de quem participa, sejam os técnicos, os competidores, dos jurados e até de quem vai só visitar”, garante a jovem.

A competição

O Torneio de Robótica FIRST LEGO League reunirá 100 equipes formadas por estudantes de 9 a 16 anos e promove disciplinas, como ciências, engenharia e matemática, além da sala de aula. As últimas disputas regionais ocorrerão nesta semana, entre 13 e 16 de fevereiro. Os melhores times garantem vaga na etapa nacional.

O objetivo é contribuir, formar lúdica, para o desenvolvimento de competências e habilidades comportamentais exigidas dos jovens. O diretor de Operações do Departamento Nacional do SESI, Paulo Mol, ressalta que a elaboração dos projetos estimula a autonomia e o trabalho em equipe e contribui para a formação profissional dos alunos. “A questão do empreendedorismo é a base de todo o processo. Nesse torneio, uma das avaliações que é extremamente importante é a capacidade de empreender, de buscar coisas novas, de fazer com que o produto seja desenvolvido”, atesta.

Fonte: Agência do Rádio

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coluna - A Voz do IHAAGE

[A Voz do IHAAGE][twocolumns]

TV Escada News