Economia

[Economia][bsummary]

Escada

[Escada][bigposts]

Mata Sul

[Mata Sul][twocolumns]

Educação

[Educação][bsummary]

Audiência pública sobre o abastecimento de água define comissão que buscará soluções junto ao governo de Pernambuco

Fotos: Sanchilis Oliveira / Escada News

A Câmara Municipal de Escada realizou na manhã desta quarta-feira (04/03), uma audiência pública sobre o abastecimento de água no município. Estiveram presentes os representantes da Compesa, o coordenador regional Marcos Antonio, o Engenheiro Carlos, responsável pelos projetos de Compesa, além dos vereadores, Sandra Valéria, Valdênia de Cassia, Cátia da Farmácia, Fernando Empreiteiro, Antonio Rufino Binho, Elias Ribeiro e Marcos Santiago. Também participaram o secretário de infraestrutura Renato, a secretária de cultura, Terezinha Melo, o vice-prefeito Ivanildo Bigodão, e vários representante da sociedade civil.

Na reunião a equipe da Compesa apresentou os projetos que estão sendo executados pela empresa, e a demanda que Escada necessita para solucionar os problemas relacionados ao abastecimento. Segundo o coordenador Marcos, são necessários investimentos na ordem de 27 milhões de reais para a construção de uma barragem de contenção, ampliação da ETA- Estação de Tratamento de Água, instalação de novas tubulações, e a construção de novas estações elevatórias. 

Atualmente estão previstos apenas investimentos paliativos de cerca de 750 mil reais, para diminuir o rodízio atual, que é de seis dias sem água e dois dias com água, para quatro sem água e dois com água.



Várias indagações acerca da falta de investimento e atenção do governo do estado com Escada foram feitas, além da intervenção política do governo municipal com o governo do estado. Em uma das falas o vice-prefeito Ivanildo Bigodão classifico como omissão do prefeito, a não articulação política para buscar solução junto ao governador.

"Só tem uma coisa a dizer sobre o que o governo municipal tem feito, omissão, é isso que tem acontecido" destacou

O secretário de infraestrutura, Renato, rebateu a afirmação de Bigodão, e disse que o possível tem sido feito pelo governo, e que várias parcerias já foram realizadas com a Compesa em várias obras e serviços.

A audiência terminou com vários desabafos da população de dos vereadores sobre a insatisfação dos serviços prestados pela empresa, desde o número de dias sem água, até a qualidade da água fornecida nas torneiras da população. Ao fim da reunião foi montada uma comissão com representantes do poder executivo, legislativo e da sociedade civil para buscar solução junto ao governador Paulo Câmara.

Outra novidade anunciada pela Compesa durante a reunião, foi que a partir do dia 16/03 um novo calendário de abastecimento será anunciado.




Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coluna - A Voz do IHAAGE

[A Voz do IHAAGE][twocolumns]

TV Escada News