Header Ads

Suspeita de primeiro caso de infecção por Coronavírus em Escada é descartada

Foto: Reprodução

Um caso suspeito de infecção pelo novo Coronavírus o COVID-19, movimentou as redes sociais e a população escadense na manhã de hoje (17/03). O caso de uma mulher com suspeita de estar infectada, tomou as redes sociais, e vários populares manifestaram preocupação com o caso.
O Portal Escada News, em contato com a Prefeitura de Escada, obteve a informação que de fato houve uma suspeita de contaminação, mas foi descartada logo em seguida. O prefeito Lucrécio Gomes, e os secretários Dra. Marília (Saúde) e Klaus Lima (Desenvolvimento Econômico), estiveram hoje no Palácio do Campo das Princesas, junto com o comitê de crise que acompanhas os casos em todo estado de Pernambuco. 

Várias medidas de emergência serão tomadas pelo governo municipal, e anunciadas em breve, preliminarmente o Portal Escada News tomou a informação que as Escolas a Rede Municipal e Particular de Escada serão orientadas a suspender as aulas. Os detalhes deverão ser informados pela prefeitura. 

Quais são os cuidados a serem tomados

-Cobrir a boca e nariz ao tossir ou espirrar;
-Utilizar lenço descartável para higiene nasal;
-Evitar tocar mucosas de olhos, nariz e boca;
-Não compartilhar objetos de uso pessoal;
-Limpar regularmente o ambiente e mantê-lo ventilado;
-Lavar as mãos por pelo menos 20 segundos com água e sabão ou usar antisséptico de mãos à base de álcool;
-Deslocamentos não devem ser realizados enquanto a pessoa estiver doente;
-Quem for viajar aos locais com circulação do vírus deve evitar contato com pessoas doentes, animais (vivos ou mortos), e a circulação em mercados de animais e seus produtos.

Sintomas de Coronavírus

O vírus pode deixar as pessoas doentes, geralmente com uma doença do trato respiratório superior de leve a moderada, semelhante a um resfriado comum. Os sintomas do Coronavírus incluem coriza, tosse, dor de garganta, possivelmente dor de cabeça e talvez febre, que pode durar alguns dias.

Para aqueles com um sistema imunológico enfraquecido, idosos e muito jovens, há uma chance do vírus causar uma doença do trato respiratório mais baixa e muito mais grave, como uma pneumonia ou bronquite.

Há alguns tipos de Coronavírus humanos que são conhecidos por serem mortais.

A síndrome respiratória do Oriente Médio, também conhecida como vírus MERS, foi relatada pela primeira vez no Oriente Médio em 2012 e também causa problemas respiratórios, mas esses sintomas são muito mais graves. Três a quatro em cada 10 pacientes infectados com MERS morreram, de acordo com o CDC.

A síndrome respiratória aguda grave, também conhecida como SARS, é o outro Coronavírus que pode causar sintomas mais graves. Identificado pela primeira vez na província de Guangdong, no sul da China, de acordo com a OMS, causa problemas respiratórios, mas também pode causar diarreia, fadiga, falta de ar, dificuldade respiratória e insuficiência renal. Dependendo da idade do paciente, a taxa de mortalidade por SARS variou de 0 a 50% dos casos, sendo os idosos os mais vulneráveis.

Atualmente, acredita-se que o Coronavírus de Wuhan seja mais leve que o SARS e o MERS e leva mais tempo para desenvolver sintomas. Até hoje, os pacientes têm uma experiência de tosse leve por uma semana, seguida de falta de ar, levando-os a visitar o hospital, explica Peter Horby, professor de doenças infecciosas emergentes e saúde global da Universidade de Oxford. Até o momento, cerca de 15% a 20% dos casos se tornaram graves, exigindo, por exemplo, ventilação no hospital.

Nenhum comentário

Tecnologia do Blogger.