Economia

[Economia][bsummary]

Escada

[Escada][bigposts]

Mata Sul

[Mata Sul][twocolumns]

Educação

[Educação][bsummary]

Impasse no PDT de Escada coloca chapa proporcional em risco, com a possível desistência de Dêda e Rogério


Rogério, Bernadete e Dêda Móveis. Fotos: Sanchilis Oliveira

Os vereadores de mandato Rogério (PDT) e Dêda Móveis (PDT), estão cogitando a possibilidade de não concorrerem a reeleição para a Câmara Municipal da Escada. Isso porque dentro do PDT – Partido Democrático Trabalhista, presidido em Escada pela professora aposentada Bernadete Durval, os vereadores afirmam que a formação da chapa proporcional do partido não teria votos suficientes para eleger ao menos um vereador sem Dêda e Rogério. 

O Portal Escada News em contato com os vereadores, apurou que eles estão descontentes com a formação da chapa proporcional do PDT, que segundo os parlamentares prejudica a reeleição dos dois, por não haver candidatos com chances de ter votos suficientes para alcançar o quociente eleitoral. 

“Estou desestimulado, e provavelmente não disputarei a reeleição, a formação da chapa foi feita sem ser apresentado a gente quem eram os candidatos e sem nossa opinião, não tendo uma chapa competitiva não existe condições de disputar” destacou o vereador Dêda Móveis. 

Já o vereador Rogério afirmou que está praticamente certa a decisão de não disputar a reeleição, “Estou muito desanimado, o partido não tem condições de fazer vereador, tem apenas eu e Dêda, tá quase certo que eu não vou disputar a eleição” destacou Rogério. 

Com esse impasse dentro do PDT de Escada, surgiram outras possibilidades para manter a chapa viva, com uma possível candidatura a vereadora da atual primeira-dama da cidade Edilene Gomes, que é filiada ao PDT, que obteve em 2018 pouco mais de 8 mil votos para deputada, e seria uma forte candidata. 

Primeira-dama de Escada Edilene Gomes. Foto: Divulgação

Outra questão que surgiu nos bastidores da política escadense, foi o possível convite já feito a Rogério para compor como vice-prefeito na chapa de Klaus Lima (PSB), atualmente o nome que está colocado para ser o vice é o do ex-secretário de educação, Jonh Kennedy (PT). Mas até onde o Portal Escada News apurou, a possibilidade de Rogério compor como vice na chapa do PSB é tida como muito remota. 

Uma outra possibilidade é a de Rogério compor a chapa como vice-prefeito da pré-candidata a prefeita, Mary Gouveia (PL), o impasse para isso acontecer, estaria na ida do PDT para o grupo dos Gouveias. Até o momento o Portal Escada News apurou que já houve conversas a nível estadual de pessoas ligadas a Mary, com o deputado estadual Zé Queiroz que manda no partido em Pernambuco. 

Nada resolvido até o momento, de como ficará o PDT em Escada. Se não houver um entendimento de reforçar a chapa de vereadores, é dado como certo o esfacelamento do Partido, que poderá ficar de fora da disputa eleitoral de 15 de novembro. Está prevista uma reunião para esta quinta-feira (27/08) para que o imbróglio chegue a um desfecho.

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coluna - A Voz do IHAAGE

[A Voz do IHAAGE][twocolumns]

TV Escada News