Economia

[Economia][bsummary]

Escada

[Escada][bigposts]

Mata Sul

[Mata Sul][twocolumns]

Educação

[Educação][bsummary]

União de partidos de centro, centro-direita e direita para a prefeitura do Recife, poderá mudar cenário político em Escada


Fotos: Reprodução


Pouco menos de um mês para o início das convenções partidárias, e até o momento a oposição ligada a partidos de centro, direita, e centro-direita na capital Pernambucana não decidiu se estarão unidos ou se haverá múltiplas candidaturas do campo político ao qual pertencem. Nos bastidores se fala na possibilidade de uma aliança entre os partidos Cidadania do deputado federal Daniel Coelho, PSDB de Bruno Araújo, DEM de Mendonça Filho, PRTB de Marco Aurélio, PSC de André Ferreira, PL de Anderson Ferreira, e PTB de Armando Monteiro. 

Caso a unidade aconteça entorno de um nome, que pode ser Mendonça, Daniel, ou até mesmo André Ferreira, a aproximação destas siglas poderão acarretar negociações pelas diversas cidades do interior do estado, como é o caso de Escada, que tem três nomes ligados ao grupo, Mary Gouveia (PL), Jadson Caetano (Cidadania), e Irmão Lailton (PSDB). 

Analisando a força política dos grupos do PSDB, PL e Cidadania, quem poderá ter retirada sua candidatura por um acordo político feito por cima, ou seja, em acordo feito pela executiva estadual e os caciques dos partidos, é o novato em disputas políticas, professor Jadson Caetano, que em pesquisas internas pontua com dois dígitos, mas apesar da desenvoltura na intenção do eleitorado, falta ao seu grupo e a si próprio densidade política e influência no estado, tendo apenas o presidente do Cidadania como seu fiador. 

Mary conta com o apoio da Família Ferreira, que tem Anderson prefeito de Jaboatão, André Deputado federal, o vereador do Recife Fred Ferreira, e o patriarca da família deputado estadual Manuel Ferreira. E dos partidos ligados a oposição de centro, centro-direita e direita no Recife, ela conta com o apoio de três, PL, PSC e PTB. 

Lailton que é o nome do PSDB na corrida pela prefeitura de Escada, conta com o apoio do Deputado Federal Fernando Filho (DEM), da presidente estadual do PSDB e deputada estadual Alessandra Vieira, do atual prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB), e da prefeita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB).

A arrumação política na capital poderá modificar os cenários, estado afora, e Escada é apenas um detalhe entre as cidades onde essa troca de apoio poderá acontecer, tendo Cidadania, PL e PSDB nos holofotes da arrumação partidária. 

Mary deverá contar na sua coligação com o apoio do PL, PSC, PMB, PP e PTB. O Irmão Lailton, deverá ter na sua coligação o PSDB, PMN, Patriota e PRB. 

Os pré-candidatos já confirmados que estão aguardando as convenções para entrar na disputa pela prefeitura do Recife são, Marília Arraes (PT), João Campos (PSB), Patrícia Domingos (Podemos), e Túlio Gadelha (PDT). Ligados ao grupo que apoiou Armando nas eleições de 2018, estão colocados os nomes de Mendonça Filho (DEM), Daniel Coelho (Cidadania), Marco Aurélio (PRTB), Alberto Feitosa (PSC) e André Ferreira (PSC). Até o período de convenções partidárias tudo poderá acontecer no estado todo, e como sempre acontece, os acordos da capital devem se estender pelos demais municípios do estado, atendendo a demanda local e a conjuntura. 

Se colocaram na disputa pela prefeitura de Escada para as eleições deste ano os pré-candidatos, Mary Gouveia (PL), Lailton Nogueira (PSDB), Klaus Lima (PSB), Zé Alves (PROS), Piedade Buarque (PSD), Jadson Caetano (Cidadania) e Zé Mauro Chaves (PSL).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Coluna - A Voz do IHAAGE

[A Voz do IHAAGE][twocolumns]

TV Escada News